Weby shortcut
Ufg logo

Projetos de Pesquisa

Atualizado em 12/03/17 09:05.

Projetos em Andamento:

 

1) Estudos com tratamento de água

Sob a Coordenação do Prof. Dr. Paulo Sergio Scalize, o projeto visa desenvolver pesquisas voltadas para o tratamento de água e minimização, tratamento e disposição dos resíduos gerados durante os processos de produção de água tratada. Estudar tecnologias para ser empregadas em pequenas, médias e grandes comunidades, visando atender as condições social, econômica e técnica de cada local. As estações de tratamento de água (ETAs) podem ser consideradas indústrias, devendo os resíduos decorrentes da lavagem de filtros, limpeza de decantadores e de tanques de preparação de soluções e suspensões de produtos químicos, etc., serem devidamente tratados, pois apresentam substâncias prejudiciais ao meio ambiente. Historicamente, a prática mais comum tem sido o lançamento dos resíduos diretamente nos cursos de água mais próximos ou utilizando-se a rede de águas pluviais. No entanto, os resíduos de ETAs apresentam grande potencial de poluição e contaminação devido a presença de impurezas removidas da água bruta, de compostos químicos resultantes da adição de coagulantes e condicionantes, durante o processo de tratamento. Dependendo das características da água bruta, pode-se ter maior ou menor presença de material orgânico e inorgânico. Em geral, a maior parcela é de natureza inorgânica, formada por areia, argila e silte, e a parte orgânica constituída de substâncias húmicas que conferem cor à água, organismos planctônicos, bactérias, protozoários, vírus, etc. Apesar de existirem vários métodos para tratamento e disposição dos resíduos gerados em ETAs, é extremamente importante encontrar métodos alternativos, visando proteção do meio ambiente e menores custos envolvidos nos processos e operações. O método para tratamento e disposição dos resíduos deve ser escolhido verificando alternativas e soluções visando aspectos como quantidade e características dos resíduos; disponibilidade de área; características dos mananciais próximos às ETAs; custos envolvidos nas possíveis soluções, dentre outros. Desenvolver pesquisas voltadas para o tratamento.

Esse Projeto tem a participação do Prof. Dr. Antonio Albuquerque da Universidade da Beira Interior - Covilhã - Portugal. 

 

2) Avaliação da Presença de Fármacos e Desreguladores Endócrinos em Águas para Consumo Humano e Mananciais de Abastecimento

O presente projeto e uma parceria interinstitucional com financiamento da Fundação Nacional da Saúde (FUNASA) que está sob a Coordenação do Prof. Dr. Sergio Francisco de Aquino da Universidade de Ouro Preto (UFOP). Tem como objetivo avaliar a presença de fármacos e desreguladores endócrinos em mananciais de abastecimento e águas distribuídas à população em cinco regiões do Brasil, nas cidades de Belo Horizonte-MG, Natal-RN, Belém-PA, Goiânia-GO e Londrina-PR, para subsidiar técnica e cientificamente a tomada de decisão das ações de vigilância da qualidade da água para consumo humano bem como a revisão da Portaria MS nº 2.914/2011.

Listar Todas Voltar